• Abu | Mack
  • Fé que pensa, razão que crê.
  • Abu|Mack

A Semântica do Natal

“Feliz Natal”. Bom, a primeira coisa que a gente pensa é: “o que é Natal?”. Muitos vão dizer que é mais uma festa criado pelo mercado pra aquecer as vendas e estimular o consumo, fazendo girar a economia. É até verdade que o natal seja usado para isso, mas por detrás disso, tem outra explicação que é anterior.

Para o mundo ocidental, essa data é comemorada como o nascimento de Jesus, o que leva à próxima pergunta: “ e quem é Jesus?”. Aí vem a resposta clássica: “é o filho de Deus”. Tá bom, então quer dizer que o mundo ocidental comemora o nascimento do filho de Deus, o qual nasceu no mundo oriental? Aí eu poderia fazer vários outros questionamentos, tipo: “e o que isso tem haver comigo?”; “Por que desejamos que esse dia seja ‘feliz’?”; “O que o filho de Deus veio fazer na terra?”; “quem prova que ele era mesmo o filho de Deus?”.

Acho que muitos desses questionamentos surgem porque em mais de 2.000 anos de cristandade (notem que não falei “cristianismo” – estou usando o termo ‘cristandade’ como as formas históricas do cristianismo e ‘cristianismo’ como o conteúdo essencial da vida e obra de Cristo), algumas coisas foram deturpadas.

Apesar de o cristianismo ser atualmente mais marcante no mundo ocidental, ele começou no mundo oriental, pois Jesus era um judeu, nascido em Nazaré, na Palestina. Conforme alguém disse uma vez: "No início, a igreja era um grupo de homens centrados no Cristo vivo. Então, a igreja chegou à Grécia e tornou-se numa filosofia. Depois, chegou a Roma e tornou-se uma instituição. Em seguida, à Europa e tornou-se uma cultura. E, finalmente, chegou à América e tornou-se um negócio" (Richard Halverson). Eu ainda acrescentaria que quando chegou ao Brasil tornou-se um evento.

Mas a mensagem que quero deixar é aquela que começou com aqueles primeiros homens e mulheres na palestina e que, apesar dos inúmeros desvios ocorridos na história, ainda tem muita gente fazendo aquilo era feito lá no começo.

As implicações de ser Jesus, de fato, o filho de Deus, são muitas. O conceito de alteridade permite dizer que nós dependemos uns dos outros, e é no encontro com o outro que descobrimos quem somos. Creio que a resposta à questão existencial do homem de saber quem ele é enquanto “ser”, só é elucidada quando nos encontramos com o “totalmente Outro”. Esse “totalmente Outro” revela para nós uma natureza totalmente distinta da nossa, e só aí podemos ver em que situação nos encontramos enquanto seres humanos.

Crendo que Jesus, mesmo sendo homem, também era Deus, vemos que Ele revela a natureza divina. Vendo a natureza divina, conhecemos o “totalmente Outro” e nos deparamos com a mísera realidade existencial em que nos encontramos, desprovida dos mais altos valores, os quais, por mais que a lei tente impor, jamais conseguimos alcançá-los por nós mesmos. É o que vemos no personagem de Alex, em “Laranja Mecânica (1971)”, de Stanley Kubrick. Por mais que a gente tente pela força domar o instituto perverso do ser humano e fazê-lo comportar-se bem em sociedade, não é assim que conseguimos ter uma vida plena, completa de significado e construir um mundo justo e de paz.

Creio que Jesus veio revelar quem Deus é e como o homem deve ser. Com a sua vida e seus ensinamentos, mostrou a natureza de Deus e o quanto o homem encontrava-se distante de Deus em razão do modo como levava a vida. Há uma dicotomia entre Reino de Deus e reino dos homens. A mensagem de Jesus é o anúncio do Reino de Deus, a chegada de um governo em que as inimizades que separam o homem em suas dimensões de relacionamento: Deus – o próximo – meio ambiente, são quebradas. É o surgimento de uma nova sociedade, com a redenção de todo o cosmos.

Porém, esse discurso não agradou a todos, tanto o é que mataram Jesus, querendo prevalecer o reino dos homens sobre o Reino de Deus. É aí que está o ponto: Deus não faz prevalecer seu Reino na base do poder e da força, mas na base do amor. Por isso que a máxima revelação da natureza de Deus ao homem não foi em forma de um cataclisma ou uma grande explosão no universo, mas em forma de uma criança, numa manjedoura, numa cidadezinha no interior da palestina, há cerca de 20 séculos atrás.

A “vitória” de Deus sobre a morte está no túmulo vazio ao terceiro dia em que Jesus morreu. A nova sociedade, a redenção cósmica, a reconciliação entre o homem e Deus, o homem com o seu próximo e o homem com toda a criação em geral, são todas possíveis porque Jesus foi ressuscitado ao terceiro dia. A grande mensagem que eu creio estar por detrás do singelo “Feliz Natal”, e é com ela que eu respondo aos questionamentos feitos no início, é a de que: Deus amou tanto o mundo, mesmo estando o homem imerso nele, em inimizade com Deus e andando conforme desse na telha, gerando caos a toda crianção e a ele próprio, Deus deu um jeito de redimi-lo. Para isso, fez com que seu filho, que dispunha da mesma natureza que a sua, saísse da transcendência e torna-se imanente, adentrando na criação e mostrando ao homem quem Deus era e como Ele gostaria que o homem fosse. Todos quantos crêem que Jesus era mesmo o filho de Deus e desejam ser redimidos para fazerem parte dessa nova criação, são aceitos por Deus e integram essa nova sociedade, que começa a dar sinais agora e será consumada na história em breve.

Bom galera, é com base nessa perspectiva que finalmente eu desejo a vocês um “FELIZ NATAL!!”. Desejo que o amor que Deus teve para com humanidade a ponto de entregar seu filho único ao sacrifício vicário nos faça voltarmos para Ele e, com isso, restaurar nossa plena comunhão com nosso próximo e todo o meio ao nosso redor. Que possamos nos esvaziar de nós mesmos, como Jesus o fez para tomar a forma humana, só que no nosso caso, para nos deixarmos ser tomados pela índole da natureza divina que Jesus proporciona. Que possamos olhar ao que sofre e estende-lhe a mão, olhando-o não como um objeto de nossa ação altruísta para nos sentirmos bem, mas sim como um semelhante que precisa de nossa ajuda. Ainda, por mais que as pessoas nos tenham deixado marcas, desejo que nós possamos perdoá-las assim como Deus nos perdoa quando nos arrependemos de viver uma vida à sua revelia.

Por fim, desejo que o “Feliz Natal” não seja apenas dito no dia 25/12. A vida que o nascimento-morte-ressurreição de Jesus proporciona extrapola qualquer data simbólica ou símbolo mercadológico. É por isso que o meu “Feliz Ano Novo” vai carregado também com esse desejo de que possamos estender o espírito do natal para o ano seguinte por completo.

E já que celebramos a vitória da “vida” sobre a “morte” e a esperança de um novo mundo de paz e justiça, conquistados pelo amor de Deus, deixo-lhes um texto que retrata que tipo de amor é esse, considerado a moeda de troca no Reino de Deus.

Reynaldo Junior


“¹Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

²E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

³E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

4O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

5Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

6Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

7Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

8O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

9Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

10Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

11Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

12Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

13Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor”.

[Livro: I Coríntios – Capítulo: 13]

Pic Nic - Pq. da Independência 2010


As férias estão chegando! \o/ 
Mas antes de viajarmos e "nunca" mais nos vermos (rs), que tal um lanchinho ao ar livre pra podermos nos despedir?
Vamu ae? :]

Data: 11/12
Horário: 10h 
Local: Pq. da Independência.
Levar: Lanche pra compartilhar com a galera! E quem tiver e puder, levar toalhinhas de picnics. haha

Nos encontraremos em frente a FONTE do Pq. da Independência.
 
Sairá uma turma do metro Sta Cecília as 8h30 e vamos descer no metrô Santos Imigrantes. Depois iremos a pé até o parque. 

Se quiser nos encontrar é só chegar! :) 

Qualquer coisa liga ou manda sms: (11)81768804 - TIM Kézia ou (11)67056010 - Oi Damáris.



Fotos Abu | Pray


Aconteceu mais um ABU Pray!
Confira as fotos!!!

III ABU|Pray

Demorou... mas conseguimos agendar o III ABUPray! \o/


Dia: 19/11

Local: Casa da Pollyana
[R. Guararema, 96 - Bairro Bosque da Saude casa cor mostarda]
Metrô mais próximo Santos Imigrantes.

Horário: 22h30

Sairão 2 grupos da Capela do Mack, se você quiser ir com a galera:
Grupo 1 - 20h
Grupo 2
[estudantes da noite] - 22h30

Lanche da Madrugada:
Estamos pedindo, por favor, para que cada um leve algo pra compartilhar com todo mundo na madruga(bolo, pão com patê, bolachas, café, leite, chocolate em pó, sucos, etc...), ok?! :)

É isso!
Bora orar! :D


Medidor de bondade


Não há nada que possamos fazer, somente Ele poderá fazer.

A carta

(Por Rodrigo Maia)

  
Vamos criar uma parabolinha aqui?
Então vamos lá!

“Vc foi fazer faculdade em outra cidade, em outro país talvez. Chegando lá vc até começa a se aproximar das pessoas, pq precisa de contato. Mas acontece q bate a saudade de seus pais e familiares, daí vem aquela carência, onde muitas vezes vc confunde achando que precisa de uma mulher, de uma gelada, ou tbm de um baseado, justamente pra vc esquecer desse problema.

Seus pais tbm sentem falta de terem contato com vc, então eles te mandam uma carta cheia de assuntos diversos tais como: Como vc se sente; da saudade que eles têm; conselhos para viver sem os pais (óbvio, pq seus pais têm mais experiências do que você); dicas para a entrevista do primeiro emprego; dicas até para arranjar uma namorada (rs); dicas para sobreviver na selva petrificada; dicas para sobreviver em meio aos desertos da vida...

Mas quando vc fica sabendo desta carta, vc resolve que alguém irá ler para vc uma vez por semana, essa pessoa irá dar uma olhada na cartinha e irá tentar ler o que vc precisa ouvir uma vez por semana.

Daí vc irá supor o que eles teriam escrito durante os dias em que vc não ouviu o conteúdo da carta.”

Bom, creio que não é assim que matamos a saudade de nossos pais. Se eles escrevem alguma coisa depois de tempos, vamos correndo para devorar a carta, pq precisamos do contato deles. Afinal vc sabe melhor do que ninguém que vc está perdido e precisa da carta.

Nós estamos tão perdidos nesse mundo, q não temos certeza de nada, nem sabemos ao certo o rumo das coisas. Tanto que inventamos que alienígenas deveriam vir na Terra e nos deixar uma mensagem que nos ajudaria (rs). Não sabemos nem ao certo da ajuda que precisamos, logo nem sabemos pedir ajuda.

Imagina se um deus, “teoricamente” é claro, criasse tudo e deixasse uma mensagem para nós? Uau! Seria muito mais fácil.
Pq sem essa mensagem divina nós vamos inventar muitas coisas estranhas e logo passaremos por situações vergonhosas por tentar dar sentido no sentido da nossa caminhada de vida.

A verdade é:
Há um Deus;
Ele deixou uma mensagem;
E estamos deixando que outros a leiam para nós confiando no que estão nos dizendo, embasando tudo somente nessa fala.

Às vezes não temos a noção do que é termos a Palavra de Deus.
Não é coisa para se ler somente no domingo.

No Livro de Atos dos Apóstolos no capítulo 17 nos versículos 10 e 11 está escrito:

“E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Beréia; e eles, chegando lá, foram à sinagoga dos judeus. Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim.”

Lutemos por uma geração firme na Palavra.
Justamente para não sermos uma geração de “achômetros”.

Que Deus nos dê sede deste livro maravilhoso.

A Deus toda honra e glória.

(via alpiqueiro.blogspot.com)

AcampABU|Mack

Fala galera! :D

Tema do nosso acampamento: Transfusão!
"... para que pudéssemos viver por meio d´Ele." (I João 4:9)

:D Entrem lá para se inscreverem: http://abumack.blogspot.com/p/inscreva-se-tambem.html
Precisamos o quanto antes dessas inscrições, ok?! E elas só serão confirmadas após o pagamento!

Segue + informações sobre o acamp:

Local: Acampamento Cabuçu - Mackenzie (perto de Guarulhos)
Ida: 31/10 - 11h (Capela Mackenzie - R. Itambé)
Volta: 02/11 - 18h

Valor: R$60

Pagar até 15/10 para Kézia (qualquer coisa, escrever para: keziawb@gmail.com) nas reuniões da ABUMackenzie. Aos que preferirem realizar o pagamento por depósito, me mandem email que passo o número da conta.


- Para aqueles que trabalham na segunda-feira:
Há um ônibus intermunicipal que passa em frente ao acampamento e deixa em São Paulo - Estação Tucuruvi :) Ok?!
Estação Tucuruvi > Cabuçu - ônibus: Jardim Acácio
Cabuçu > Estação Tucuruvi - ônibus: Tucuruvi


- Para aqueles que serão mesários no 2° turno das eleições:
Precisamos que vocês se manifestem, pois precisamos saber quantidade de pessoas que se encontram nessa situação e podermos tomar providências para termos vocês com a gente lá, ok?!


Aqueles que tiverem dúvidas, sejam elas quais forem, podem me mandar um email.
Está chegando galera! :D Vamos animar aí!

"E O TEMPO LEVOU"


"E O TEMPO LEVOU..."

"Remindo o tempo; porquanto os dias são maus..." Efésios 5.16

Por Que as pessoas gostam tanto de complicar as coisas? A começar por mim.
"Eis aqui, o que tão-somente achei: que Deus fez ao homem reto, porém eles buscaram muitas astúcias."
Ontem eu estava refletindo sobre tudo isso, e cheguei a seguinte conclusão: "Agente perde muito tempo, e com esse tempo muitas outras coisas."

Nesse fim de semana, como num despertar de conciência, Deus começou a me mostrar as coisas com um novo olhar. Hoje pensando a respeito lembrei de algumas passagens bíblicas. "Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperai inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo;" I Pedro 1.13.
Além da pergunto pricipal me vieram mais 3 perguntas que me levaram ma uma resposta...
1 - Porque escolhi esse curso? (Sou estudante de Desenho Industrial)
2 - Como posso servir a Deus e ao Próximo com a vocação que Deus me deu?
3 - Como posso levar o Evangélio e contribuir para melhorar o mundo onde eu vivo?

Passei a acreditar que essas três questões quando aplicadas em todas as áreas da vida, não só acadêmica como aconteceu comigo mas tambéns em relação a vida como um todo nos faz evitar questões como essa: "Por Que as pessoas gostam tanto de complicar as coisas?"
Se cada vez que tomar-mos decisões, sejam quais forem des das mais complexas como "Qual carreira eu quero seguir" ás mais simples como, "em qual padaria eu vou comprar pão amanhã", evitariamos muitas dores de cabeçe e perdas, principalmente a perda do tempo. Por que não dizer que o tempo é o que mais temos de valioso. Quantas vezes não nos pegamos questionando "a se eu tivesse mais tempo"... Se dependese-mos disso acho que o dia teria 48h, pra dar tempo de fazer tudo o que queremos fazer... MAS.... ai está... O que temos feito com as 24h que Deus nos da de presente todos os dias???
Temos sido sóbrios? Vivido plenamente? Aproveitado cada segundo? O Que o tempo tem levado de nós?
A reposta para todas as Questões é Jesus, e o propósito vida que Ele nos oferece....
"Eis aqui, o que tão-somente achei: que Deus fez ao homem reto, porém eles buscaram muitas astúcias."...

Você paga para não olhar?

Essa semana, tive que assistir um filme “O Pescador de Ilusões” para fazer uma prova. E uma frase do filme me marcou muito, a cena era a seguinte:
Jack, o ator principal, estava com alguns moradores de rua que estavam com uns copinhos na mão, de certa forma esperando que as pessoas que por ali passassem no horário de pico, deixassem algumas moedas para eles. Quando alguém passa e vai jogar um moeda no copo de um dos moradores de rua, deixa essa moeda cair no chão, Jack se abaixa para pegar e diz para recente dono dela: “Ele nem te olhou”, e este então responde: “Eles pagam para não olhar”.


“Eles pagam para não olhar”!
Quando penso em moradores de rua, ou em crianças em abrigo, ou qualquer pessoa considerada à margem da sociedade hoje, eu me lembro dessa frase. Não estou dizendo que temos que parar de doar roupas, alimentos, ou mesmo dinheiro para essas pessoas e/ou instituições que as acolhem. Mas me pergunto, porque? Nós (e eu me incluo) estamos dando porque realmente nos importamos com eles? Ou porque se estivéssemos no lugar deles iríamos querer que fizessem isso por nós? Ou porque quero que Deus se orgulhe pelas minhas boas obras? Ou porque estou fazendo aquilo que Jesus faria?

O que Jesus faria? O que você acha que Jesus faria?

Ele simplesmente pegaria as roupas que ele não usaria mais e levaria para doação? Ele simplesmente pegaria os alimentos da dispensa de sua casa, que não serão usados tão cedo e entregaria para alguém doar? Ou Ele mesmo iria até essas pessoas para conhecê-las? Para lhes dar mais do que ‘bens materiais’, como abraço, um momento de escuta, um sorriso, um ‘tamo junto’, alguns olhares, AMOR...?

Acho que as pessoas hoje em dia, independentes das consideradas à margem da sociedade ou do núcleo, estão carecendo de olhares, de abraços, de escutas, de sorrisos, e principalmente de AMOR!

E isso me leva a pensar que Jesus está ficando distante nessa história toda, que as ações d´Ele não tem sido lembradas da forma como eram de fato realizadas, mas sim sendo adaptadas, e cá entre nós, sem necessidade.
O mundo, eu, você... estamos ficando cegos, estamos preferindo pagar para não olharmos para o nosso próximo.
Cadê a Luz nisso tudo? Ainda é possível vê-La? Ainda é possível caminhar em direção a Ela? Ainda é possível agir?
E refletindo nisso e no que Jesus foi capaz de fazer por nós, eu vejo que Ele até pagou, mas pagou para continuar nos olhando, para que pudéssemos continuar vivendo e dando a Ele a oportunidade d´Ele continuar nos observando e compartilhando conosco desses bens não materiais! :D
É isso!
Olhe sem pagar, ou até pague para olhar, mas pense muito e evite ao máximo pagar para não olhar!

Até porque, você pode ser uma pessoa que está precisando de um olhar, e talvez as pessoas ao seu redor tem pagado para evitar fazer-lhe isso.

Pense e aja com relação a isso!
‘Tamo junto’, ok?

O Shaper

Você é uma linda obra de arte

 www.guiame.com.br
Todos nós já sabemos que fazer uma prancha é uma arte que poucos dominam com excelência, não é? Eu admiro bastante a arte de Shapear e apesar do excelente trabalho feito pela máquina ela nunca irá reproduzir o sentimento que o shaper deposita naquele bloco ao tocá-lo.                                                                                                      
Essa semana estive observando o árduo trabalho daqueles que fazem pranchas de madeira. Parte por parte eles confeccionam pranchas dignas de serem postas na parede de nossas salas. Lindas pranchas! Imagino que dificuldade conectar cada madeira umas nas outras fazendo com que elas pareçam fazer parte do mesmo tronco. Incrível!!!

Nunca fui habilidoso ao concertar minhas pranchas, e nunca me arrisquei a shapear, pois sempre reconheci minhas limitações e sempre pensei: “Prefiro deixar para aqueles que fazem com perfeição e extrema paciência!”. A sensação sempre foi que eu estragaria cada bloco que eu tentasse trabalhar.

Ao ler a bíblia hoje encontrei uma referência ao grande shaper JC. Não estou falando do shaper havaiano chamado John Carper; falo de outro JC, o Senhor Jesus Cristo. O texto era muito legal, ele dizia assim: “Não é este o carpinteiro filho de Maria...? Marcos 6.3a” É isso ai...Jesus Cristo fazia suas artes. Enquanto homem ele fazia o bom trabalho na madeira, enquanto Deus ele sempre fez e ainda faz maravilhas em nossas vidas.

Você já escutou o ditado que diz: “pau que nasce torto, cresce torto e morre torto”. Pois é, aos olhos das pessoas muitas vezes não há solução para aqueles que estão vivendo dias tortos, no erro, na escuridão... Muitos homens e mulheres escutaram essa acusação, mas felizmente caíram nas mãos certas, nas mãos daquele que tem o poder para transformar o “pau torto” numa linda obra de arte, falo de Jesus Cristo.

Infelizmente muitos ainda acreditam que esse conserto sairá muito caro e desistem de se aproximar do grande shaper; de fato custou muito caro, mas já está pago! Ele mesmo já pagou e agora só nos resta nos aproximar e confiar no toque de suas mãos a nos “shapear”.
Todos que experimentam o toque milagroso do Senhor passa a ser uma peça de honra, bonita e única nessa exposição chamada “Vida”. Vejamos o que a Bíblia Sagrada nos diz a esse respeito:



  • “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora”. João 6.37
  • “Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.” Filipenses 1.6
  • “Eu irei adiante de ti, endireitarei os caminhos tortuosos,” Isaías 45.2
Galera, por mais que todos achem que não tem mais jeito o Senhor permanece operando na vida dos que o buscam sinceramente. Creia nisto e se aproxime do Senhor permitindo que ele faça as devidas transformações necessárias em suas mentes a cada dia. Ele sabe o que é melhor!
Qual a forma que você tem tomado ao longo de sua vida? Espero que seja a forma que o maravilhoso “shaper” deseja.
Uma semana no amor d’Ele.







Marquito Santos é formado em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, membro da Missão Surfistas de Cristo no Brasil, da Missão Internacional de Surfistas de Cristo, pastor e professor dos jovens da Igreja Presbiteriana de Fortaleza, além de escrever para o site EmFocoSurf.com.br


Via: www.guiame.com.br

Primeiro Acampamento da Abu | Mack

Hey galera!
Temos uma super novidade pra vcs!



Vai rolar o Acampamento da ABU|Mack! \o/ E já temos informações mais concretas, segue aí:

Local: Acampamento Cabuçu - Mackenzie (perto de Guarulhos)
Data: 31/out. a 02/nov.
Valor: R$60,00





Vc pode estar se perguntando: Mas dia 31/out. não é dia de votação pro 2° turno???
 - Pois é! É, mas você terá até as 10h para votar/justificar/etc... ok?! :)
Caso não haja 2° turno, é provável que saiamos mais cedo, mas isso só saberemos depois do
dia 3/out.

Que pode ser parcelado em 2x para os que preferirem - 1ª parcela: 15/set e 2ª parcela: 15/out.

Tá super de boa, vai?! :D 
Será o 1° Acampamento de Universitários do Mackenzie, seria MUITO legal se todos pudessem participar!

- Para reservar sua vaga: envie um email para abumackenzie@gmail.com (com seu nome completo e telefone) ou procure a Damáris ou eu (Kézia) nas reuniões durante a semana.

Mesário nas Eleições
Se for o seu caso, e você quiser ir no acampamento, envie-nos um email dizendo isso e, se você
tem carteira de motorista e pode ir de carro pra lá, nos informe também, tem uma galerinha que se encontra nessas condições, estamos analisando a melhor maneira de vcs irem, ok?

Iremos mantê-los informados via email/blog/twitter/orkut/reuniões etc... :D

bjUu
Kézia Brasil

--------------------------------------------------------------------------------------------



Era uma igreja muito engraçada…

Publicado por  | Categoria Externos | Em 03-09-2009

…não tinha teto, não tinha nada.
Essa noite, eu tive um sonho de sonhador, sonhei com uma igreja esquisita. Ela não tinha muros, piso, púlpito, bancos ou aparelhagem de som. A igreja era só as pessoas. E as pessoas não tinham títulos ou cargos, ninguém era chamado de líder, pois a igreja tinha só um líder, o Messias. Ninguém era chamado de mestre, pois todos eram membros da mesma família e tinham só um Mestre. Tampouco alguém era chamado de pastor, apóstolo, bispo, diácono ou Irmão. Todos eram conhecidos pelos nomes, Maria, Pedro, Afonso, Julia, Ricardo…
Todos os que criam pensavam e sentiam do mesmo modo. Não que não houvesse ênfases diferentes, pois Paulo dizia: “Vocês são salvos por meio da fé. Isso não vem das obras, para que ninguém se glorie”, enquanto Tiago dizia: “A pessoa é aceita por Deus por meio das suas obras e não somente pela fé”. Mas, mesmo assim, havia amor, entendimento e compreensão entre as pessoas e suas muitas ênfases.
Não havia teólogos nem cursos bíblicos, nem era necessário que ninguém ensinasse, pois o Espírito ensinava a todos e cada um compartilhava o que aprendia com o restante. E foi dessa forma que o Agenor, advogado, aprendeu mais sobre amor e perdão com Dinorá, faxineira.
Não havia gente rica em meio a igreja, pois ninguém possuía nada. Todos repartiam uns com os outros as coisas que estavam em seu poder de acordo com os recursos e necessidades de cada um. Assim, César que era empresário, não gastava consigo e com sua família mais do que Coutinho, ajudante de pedreiro. Assim todos viviam, trabalhavam e cresciam, estando constantemente ligados pelo vínculo do amor, que era o maior valor que tinham entre eles.
Quando eu perguntei sobre o horário de culto, Marcelo não soube me responder e disse que o culto não começava nem acabava. Deus era constantemente cultuado nas vidas de cada membro da igreja. Mas ele me disse que a igreja normalmente se reunia esporadicamente, pelo menos uma vez por semana em que a maioria podia estar presente. Normalmente era um churrasco feito no sítio do Horácio e da Paula, mas no sábado em que eu participei, foi uma macarronada com frango na casa da Filomena. As pessoas iam chegando e todos comiam e bebiam o suficiente.
Depois de todos satisfeitos, Paulo, bem desafinado, começou a cantar uma canção. Era um samba que falava de sua alegria de estar vivo e de sua gratidão a Deus. Maurício acompanhou no cavaquinho e todos cantaram juntos. Afonso quis orar agradecendo a Deus e orou. Patrícia e Bela compartilharam suas interpretações sobre um trecho do evangelho que estavam lendo juntas. Depois foi a vez de Sueli puxar uma canção. Era um bolero triste, falando das saudades que sentia do marido que havia falecido há pouco tempo. Todos cantaram e choraram com ela. Dessa vez foi Tiago que orou. Outras canções, orações, hinos e palavras foram ditas e todas para edificação da igreja.
Quando o sol estava se pondo, Filomena trouxe um enorme pão italiano e um tonelzinho com um vinho que a família dela produzia. O ápice da reunião havia chegado, pela primeira vez o silêncio tomou conta do lugar. Todos partiram o pão, encheram os copos de vinho e os olhos de lágrimas. Alguns abraçados, outros encurvados, todos beberam e comeram em memória de Cristo.
Acordei com um padre da Inquisição batendo à minha porta. Junto dele estavam pastores, bispos, policiais, presidentes, ditadores, homens ricos e um mandado de busca. Disseram que houvera uma denúncia e que havia indícios de que eu era parte de um complô anarquista para acabar com a religião. Acusaram-me de freqüentar uma igreja sem líderes, doutrina ou hierarquia; me ameaçaram e falaram: “Ninguém vai nos derrubar!”. Expliquei: “Vocês estão enganados, não fui a lugar nenhum, não encontrei ninguém ou participei de nada… aquela é apenas a igreja dos meus sonhos”.
por: Tonho [foi coordenador do UG -Min. Jovem do Portas Abertas]

Abu| Mack 2º Semestre - 2010

Aí galerinha!
Está aí o vídeo de abertura pra quem perdeu a primeira reunião desse semestre.

Carta a Um Jovem Evangélico que Faz Sexo com a Namorada




[Os nomes foram trocados para proteger as pessoas. Embora algumas circunstâncias mencionadas na carta sejam totalmente fictícias, o caso é mais real do que se pensa...]

Meu caro Ricardo,

Ontem estive pregando em sua igreja e tive a oportunidade de rever João, nosso amigo comum. Não lhe encontrei. João me disse que você e a Raquel, sua namorada, tinham saído com a turma da mocidade para um acampamento no fim de semana e que só regressariam nessa segunda bem cedo.


Saí com o João para comer pizza após o culto e falamos sobre você. João abriu o coração. Ele está muito preocupado com você, desde que você disse a ele que tem ido com Raquel para motéis da cidade e às vezes até mesmo depois do culto de jovens no sábado à noite. Ele falou que já teve várias conversas com você mas que você tem argumentado defendendo o sexo antes do casamento como se fosse normal e que pretende casar com Raquel quando terminarem a faculdade.


Ele pediu minha ajuda, para que eu falasse com você, e me autorizou a mencionar nossa conversa na pizzaria. Relutei, pois acho que é o pastor de sua igreja que deve tratar desse assunto. Você e a Raquel, afinal, são membros comungantes dessa igreja e estão debaixo da orientação espiritual dela. Mas, João me disse que o pastor faz de conta que não sabe que essas coisas estão acontecendo na mocidade da igreja. Como sou amigo da sua família fazem muitos anos, desde que vocês freqüentaram minha igreja em São Paulo, resolvi, então, escrever para você sobre esse assunto, tendo como base os argumentos que você usou diante de João para justificar sua ida a motéis com a Raquel.


Se entendi direito, você argumenta que não há nada na Bíblia que proiba sexo antes do casamento. É verdade que não há uma passagem bíblica que diga "não farás sexo antes do casamento;" mas existem dezenas de outras que expressam essa verdade com outras palavras e de outras maneiras. Podemos começar com aquelas que pressupõem o casamento como sendo o procedimento padrão, legal e estabelecido por Deus para pessoas que desejam viver juntas (veja Mateus 9:15; 24:38; Lucas 12:36; 14:8; João 2:1-2; 1Coríntios 7:9,28,39), aquelas que abençoam o casamento (Hebreus 13:4) e aquelas que se referem ao divórcio - que é o término oficial do casamento - como algo que Deus aborrece (veja Malaquias 3:16; Mateus 5:31-32).


Podemos incluir ainda aquelas passagens contra os que proíbem o casamento (1Timóteo 4:3) e as outras que condenam o adultério, a fornicação e a prostituição (veja Mateus 5:28,32; 15:19; João 8:3; 1Coríntios 7:2; 6:9; Gálatas 5:19; Efésios 5:3-5; Colossenses 3:5; 1Tessalonicenses 4:3-5; 1Timóteo 1:10; Hebreus 13:4; Apocalipse 21:8; 22:15). Qual é o referencial que nos possibilita caracterizar esses comportamentos como desvios, impureza e pecado? O casamento, naturalmente. Adultério, prostituição e fornicação, embora tendo nuances diferentes, têm em comum o fato de que são relações sexuais praticadas fora do casamento. Se o casamento, que implica num compromisso formal e legal entre um homem e uma mulher, não fosse a situação normal onde o sexo pode ser desfrutado de maneira legítima, como se poderia caracterizar como desvio o adultério, a fornicação ou a prostituição? A Bíblia considera essas coisas como pecado e coloca os que praticam a impureza sexual e a imoralidade debaixo da condenação de Deus - a menos que se arrependam, é claro, e mudem de vida.


Você argumenta também que o casamento é uma conveniência humana e que muda de cultura para cultura. Bom, é certo que o casamento tem um caráter social, cultural e pessoal. Todavia, do ponto de vista bíblico, não se pode esquecer que foi Deus quem criou o homem e a mulher, que os juntou no jardim, e disse que seriam uma só carne, dando-lhes a responsabilidade de constituir família e dominar o mundo. O casamento é uma instituição divina a ser realizada pelas sociedades humanas. Embora as culturas sejam distintas, e os rituais e procedimentos dos casamentos sejam distintos, do ponto de vista bíblico o casamento implica em reconhecimento legal daquela união por quem de direito, trazendo implicações para a criação e tutela dos filhos, sustento da casa e também responsabilidades e conseqüências em caso de separação e repúdio. Quando duas pessoas resolvem ir morar juntas como se fossem casadas, essa decisão não faz delas pessoas casadas diante de Deus - mas (desculpe a franqueza), pessoas que estão vivendo em imoralidade sexual.


É verdade que a legislação de muitos países tem cada vez mais reconhecido as chamadas uniões estáveis. É uma triste constatação que o casamento está cada vez mais sendo desvalorizado na sociedade moderna ocidental. Todavia, esses movimentos no mundo e na cultura não são a bússola pela qual a Igreja determina seu norte - e sim a Palavra de Deus. Em muitas culturas a legislação tem sancionado coisas que estão em contradição com os valores bíblicos, como aborto, eutanásia, uniões homossexuais, uso de drogas, etc. A Igreja deve ter uma postura crítica da cultura, tendo como referencial a Palavra de Deus.


O João me disse ainda que você considera que o mais importante é o amor e a fidelidade, e que argumentou que tem muita gente casada mas infeliz e infiel para com o cônjuge. Ricardo, é um jogo perigoso tentar justificar um erro com outro. Gente casada que é infiel não serve de desculpas para quem quer viver com outra pessoa sem se casar com ela. Além do mais, como pode existir o conceito de fidelidade numa união que não tem caráter oficial nem legal, e que não teve juramentos solenes feitos diante de Deus e das autoridades constituídas? Mesmo que você e sua namorada façam uma "cerimônia" particular onde só vocês dois estão presentes e onde se casem a si mesmos diante de Deus - qual a validade disso? As promessas de fidelidade trocadas por pessoas não casadas têm tanto valor quanto um contrato de gaveta. Lembre inclusive que não é a Igreja que casa, e sim o Estado. Naqueles casamentos religiosos com efeito civil, o pastor ou padre está agindo com procuração do juiz.


Não posso deixar de mencionar aqui que na Bíblia o casamento é constantemente referido como uma aliança (veja Ezequiel 16:59-63). Deus é testemunha dessa aliança feita no casamento, a qual também é chamada de "aliança de nossos pais", uma referência ao caráter público da mesma (não deixe de ler Malaquias 2:10-16).


Não fiquei nem um pouco surpreso com seu outro argumento para fazer sexo com sua namorada, que foi "é importante conhecer bem a pessoa antes do casamento". Já ouvi esse argumento dezenas de vezes. E sempre o considerei uma burrice - mais uma vez, desculpe a franqueza. Em que sentido ter relações sexuais com sua namorada vai lhe dar um conhecimento dela que servirá para determinar se o casamento vai dar certo ou não? Embora o sexo seja uma parte muito importante do casamento, o que faz um casamento funcionar são os relacionamentos pessoais, a tolerância, a compreensão, a renúncia, o amor, a entrega, o compartilhar... você pode descobrir antes do casamento que sua namorada é muito boa de cama, mas não é o desempenho sexual de vocês que vai manter ou salvar seu casamento. Esse argumento parte de um equívoco fundamental com relação à natureza do casamento e no fim nada mais é que uma desculpa tola para comerem a sobremesa antes do almoço.


Agora, o pior argumento que ouvi do João foi que você disse "a graça de Deus tolera esse comportamento." Acho esse o pior argumento porque ele revela uma coisa séria em seu pensamento, que é tomar a graça de Deus como desculpa para um comportamento imoral. Esse sempre foi o argumento dos libertinos ao longo da história da igreja. O escritor bíblico Judas, irmão de Tiago, enfrentou os libertinos de sua época chamando-os de "homens ímpios, que transformam em libertinagem a graça de nosso Deus e negam o nosso único Soberano e Senhor, Jesus Cristo" (Judas 4). Esse é o caminho de Balaão "o qual ensinava a Balaque a armar ciladas diante dos filhos de Israel para comerem coisas sacrificadas aos ídolos e praticarem a prostituição" (Apocalipse 2:14). É a doutrina da prostituta-profetisa Jezabel, que seduzia os cristão "a praticarem a prostituição e a comerem coisas sacrificadas aos ídolos" (Apocalipse 2:20) e a conhecer "as coisas profundas de Satanás" (Apocalipse 2:24).


Como seu amigo e pastor, permita-me exortá-lo a cair fora dessa maneira libertina de pensar, Ricardo, antes que sua consciência seja cauterizada pelo engano do pecado (Hebreus 3:13). Ainda há tempo para arrependimento e mudança de atitude. A abstinência sexual é o caminho de Deus para os solteiros, e esse estilo de vida é perfeitamente possível pelo poder do Espírito, ainda que aos olhos de outros seja a coisa mais careta e retrógrada que exista. Se você realmente pensa em casar com a Raquel e constituírem família, o melhor caminho é pararem agora de ter relações e aguardarem o dia do casamento. Vocês devem confessar a Deus o seu pecado e um ao outro, e seguir o caminho da abstinência, com a graça de Deus.





Estou à sua disposição para conversarmos pessoalmente. Traga a Raquel também. Estou orando por vocês.






Um grande abraço,Pr. Augustus








O Alpinista e o Motoqueiro

Episódio 4




◄ Preview  |  Next ►

GBU | Mack



Atenção galera!

Amanhã 16/08 começa as reuniões do Grupo Bíblico Universitário (GBU), ainda não temos confirmado todos os lugares, por isso, fiquem ligados e aguardem maiores informações

GBU psicologia será na segunda 12h15, em frente ao prédio João Calvino, entrada R. Consolação.

GBU CCSA no saguão do Prédio T, segunda 12h15 e 17h45.

GBU Faculdade de Direito na área entre quadras abertas e prédio T, segunda 12h15 e 17:45.

GBU Faculdade de Arquitetura e Urbanismo no DACAM, toda segunda 17:45.

Os outros grupos, serão avisados, assim que tivermos as autorizações para o uso das salas!


No Antigo Testamento

Rev.Dewel



Onde há guerra,

Jesus é a nossa PAZ!

Onde há vaidade,

Jesus é HUMILDADE!

Onde há egoísmo,
Jesus é DOAÇÃO!

Onde há Lei,
Jesus é a GRAÇA!

Onde há fome,
Jesus é o MANÁ!

Onde há trevas,
Jesus é a LUZ!

Onde há desmerecimento,
Jesus é o FAVOR IMERECIDO!

Onde há perdição,
Jesus é SALVAÇÃO!

Onde há pecado,
Jesus é PERDÃO!

Onde há desavença,
Jesus é RECONCILIAÇÃO!

Onde há raízes,
Jesus é o RENOVO!

Onde há reino,
Jesus é o REI!

Onde há templo,
Jesus é o SUMO SACERDOTE!

Onde há propiciação,
Jesus é o PROPICIATÓRIO!

Onde há ofensa,
Jesus é o PERDÃO!

Onde há céu,
Jesus é a ESTRELA!

Onde há anarquia,
Jesus é o GOVERNO!

Onde há fraqueza,
Jesus é PODER!

Onde há pobreza,
Jesus é a RIQUEZA!

Onde há criação,
Jesus é o CRIADOR!

Onde há herança,
Jesus é o HERDEIRO!

Onde há aliança,
Jesus é o MEDIADOR!...


O pastor Dewel é meu professor no CPO (Curso para Preparação de Obreiros) de Velho Testamento. Ele escreveu sobre a tipificação e analogia de Cristo em uma noite de insônia. Ele foi se deitar, porém não conseguia pegar no sono. Resolveu levantar e orar. Depois como o sono não chegou ele resolveu escrever e nasceu esse poema. Ainda têm a segunda parte, que deixo para postar daqui uns dias. Enquanto isso tente se lembrar de alguma passagem da Bíblia que cita Jesus como uma dessas formas.

A nova reforma Protestante (Trecho - Revista Época)

Inspirado no cristianismo primitivo e conectado à internet, um grupo crescente de religiosos critica a corrupção neopentecostal e tenta recriar o protestantismo à brasileira

Por Ricardo Alexandre

Confira a seguir um trecho dessa reportagem que pode ser lida na íntegra na edição da revista Época de 9/agosto/2010.

EM CONSTRUÇÃO
Ilustração de um monumento em forma de cruz



Irani Rosique não é apóstolo, bispo, presbítero nem pastor. É apenas um cirurgião geral de 49 anos em Ariquemes, cidade de 80 mil habitantes do interior de Rondônia. No alpendre da casa de uma amiga professora, ele se prepara para falar. Cercado por conhecidos, vizinhos e parentes da anfitriã, por 15 minutos Rosique conversa sobre o salmo primeiro (“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios”). Depois, o grupo de umas 15 pessoas ora pela última vez – como já havia orado e cantado por cerca de meia hora antes – e então parte para o tradicional chá com bolachas, regado a conversa animada e íntima.
Desde que se converteu ao cristianismo evangélico, durante uma aula de inglês em Goiânia em 1969, Rosique pratica sua fé assim, em pequenos grupos de oração, comunhão e estudo da Bíblia. Com o passar do tempo, esses grupos cresceram e se multiplicaram. Hoje, são 262 espalhados por Ariquemes, reunindo cerca de 2.500 pessoas, organizadas por 11 “supervisores”, Rosique entre eles. São professores, médicos, enfermeiros, pecuaristas, nutricionistas, com uma única característica comum: são crentes mais experientes.

Apesar de jamais ter participado de uma igreja nos moldes tradicionais, Rosique é hoje uma referência entre líderes religiosos de todo o Brasil, mesmo os mais tradicionais. Recebe convites para falar sobre sua visão descomplicada de comunidade cristã, vindos de igrejas que há 20 anos não lhe responderiam um telefonema. Ele pode ser visto como um “símbolo” do período de transição que a igreja evangélica brasileira atravessa. Um tempo em que ritos, doutrinas, tradições, dogmas, jargões e hierarquias estão sob profundo processo de revisão, apontando para uma relação com o Divino muito diferente daquela divulgada nos horários pagos da TV.


"
      SÍMBOLO
      O cirurgião Irani Rosique (sentado, de camisa branca, 
      com aBíblia aberta no colo). Sem cargo de clérigo, ele
      mobiliza 2.500 pessoas no interior de Rondônia
                             "

Estima-se que haja cerca de 46 milhões de evangélicos no Brasil. Seu crescimento foi seis vezes maior do que a população total desde 1960, quando havia menos de 3 milhões de fiéis espalhados principalmente entre as igrejas conhecidas como históricas (batistas, luteranos, presbiterianos e metodistas). Na década de 1960, a hegemonia passou para as mãos dos pentecostais, que davam ênfase em curas e milagres nos cultos de igrejas como Assembleia de Deus, Congregação Cristã no Brasil e O Brasil Para Cristo. A grande explosão numérica evangélica deu-se na década de 1980, com o surgimento das denominações neopentecostais, como a Igreja Universal do Reino de Deus e a Renascer. Elas tiraram do pentecostalismo a rigidez de costumes e a ele adicionaram a “teologia da prosperidade” (leia o quadro na última pág.). Há quem aposte que até 2020 metade dos brasileiros professará à fé evangélica.


Saiba mais


Quando começa?


Taí uma resposta pra uma pergunta que não quer calar: 'Quando voltam as reuniões da

Lembrete

Galera não esqueçam que hoje e amanhã estaremos nos preparando para a entrega das águas.
Venha participar também!

"                                                                                          
Estaremos 18h30 na capela hoje, corre se vc estiver por      
perto.                                                                                " 


Abraços a todos!

Oração de um Y

Pai nosso que estais no céu, tem um tempo que venho pensando numas coisas e queria te fazer umas perguntas, rola?
Qual é seu plano de desenvolvimento de carreira caso eu decida ir prai?

Os anjos tem algum subsidio para treinamento, desenvolvimento etc e tal?

Poderei visitar minha família na terra de vez em quando ou o trabalho é em tempo integral? Não curto muito essa história de workaholic

Tem mais, to cansado de só eu falar falar falar e não ter um feedback direto do Senhor.
Esse lance de mandar um sinal é sutil demais pra mim. Por favor seja claro: To no caminho certo ou não? F-E-E-D-B-A-C-K Hellooooo…

Aproveito a oportunidade para entender como consigo um mentoring com o Senhor, soube que em outras épocas seu subordinado direto, J.C., chegou a ter até 12 coachees abaixo dele. Acredito ter as habilidades que o Sr procura em um mentorando…
Terei a possibilidade de ser expatriado e viver novas experiências? Vocês tem filiais em algum outro lugar?

Falando em filiais devo deixar claro que estudo outras propostas antes de aceitar a Sua. Um concorrente seu tem atraido muita gente. Dizem que o trabalho lá é pesado mas que pode ir com a roupa que quiser, não tem essa de ficar cantando em coro, e rola umas festas da empresa… que pegam fogo!
Parece que o pacote de benefícios não é tão bom mas lá eles permitem relacionamento entre os colaboradores e posso usar a internet pra visitar o site que eu quiser.

Onde me vejo em cinco anos? Essa é fácil: No seu lugar.
Sacrilégio? De forma alguma. O senhor fez um ótimo trabalho. mas estamos em outros tempos… eu trago renovação e umas idéias muito iradas!

Veja bem, eu tenho minhas ambições, meus objetivos e pretendo alcança-los no tempo em que eu determinei. Não quero ficar igual minha vó que lhe dedicou a vida inteira e o senhor nem pra dar uma folguinha pra ela nessa altura do campeonato!
Se quiser me encontrar to no facebook, me procura no google. Obrigado

Amém.

Ah!!! Me follow no twitter! E divulga pros amigos hein!
Amém de novo.

Related Posts with Thumbnails

Recomendamos

Obs.Tetras | Tudo tão intenso | Solomon | Não morda a maçã | SexxxChurch | ABU SP | ABU Brasil | Alpiqueiro